Voice of Baceprot: conhece a banda de heavy metal formada por jovens muçulmanas

Vagos_Banner

As Voice of Baceprot não são a típica banda de heavy metal. Na verdade, a banda é constituída por três adolescentes muçulmanas da cidade de Garut na Java Ocidental, que partilham a mesma paixão por música extrema.

O grupo de adolescentes conheceu-se na escola que frequentam na província mais povoada da Indonésia e formaram a banda em 2014. Desde então, têm acumulado sucessos e são alvos de notícias de vários órgãos de comunicação social, como o jornal inglês The Guardian.

As VoB começaram a tocar em eventos na sua escola e até já apareceram na televisão nacional do seu país. Até agora têm pouco temas originais e as suas letras focam-se especialmente em problemas sociais e no sistema de ensino da Indonésia- podes ouvir uma das suas músicas, “The Enemy of Earth Is You”, em baixo. A maior parte do seu repertório contém covers de bandas que admiram, como os Metallica, Rage Against The Machine, System Of A Down e Slipknot.

Numa entrevista à Geo.tv, as artistas disseram que usam a sua música para combater os estereótipos associados a mulheres muçulmanas, como a ideia de que estas são «submissas» ou «sem voz própria».

«Usar um hijab não devia ser uma barreira ao nosso sonho de ser estrelas de heavy metal», declarou Firdda Kurnia, com 16 anos e guitarrista da banda. «Eu penso que a igualdade de género devia ser apoiada porque sinto que ainda estou a explorar a minha criatividade e, simultaneamente, não estou a reduzir as minhas obrigações como uma mulher muçulmana».

Por outro lado, nem todos os habitantes de Garut pensam que este tipo de música é apropriada para jovens mulheres muçulmanas ou que a própria comunidade está preparada para lidar com este tipo de ações. Muhammad Sholeh, um professor confessou que: «é inusitado ver um grupo de raparigas muçulmanas que envergam o hijab a tocar heavy metal ou até mesmo a “gritar”».

Independentemente das opiniões diversificadas, a banda já tem uma base de fãs devotos. Teti Putriwulandari Sari, um fã que assistiu a um concerto do grupo afirmou que «Eu não vejo mal nenhum. Não há nenhuma lei que impeça as mulheres que usam hijabs de tocaram música deste género». Sari adicionou que «Isto também está relacionado com os direitos humanos. Se uma rapariga muçulmana tem talento para tocar bateria ou guitarra, ela devia ser proibida de o fazer?».

Voice Of Baceprot (membros):

Firdda

Widi

Euis