free website stats program

28 anos depois, Lilker desenterra segredos

Ao fim de 28 anos, ainda há declarações que nos fazem pensar “what if?”: Dan Lilker (Nuclear Assault/Brutal Truth/Anthrax/S.O.D) revelou este fim-de-semana ter pensado fazer uma audição para baixista dos… METALLICA.

Pouco após o trágico falecimento de Cliff Burton, em 1986, Lilker afirma “Passou-me pela cabeça, sim. A mim e a muitas outras pessoas. Nessa época eu frequentava imenso as matinés de hardcore do CBGB, e as pessoas vinham falar comigo a piscar-me o olho para perguntar “Então Dan, vais para os Metallica?””

Lilker nunca excluiu a possibilidade, embora estivesse reticente em relação ao cargo, pois “é uma banda onde dois gajos arrecadam o dinheiro todo e os outros contentam-se com um salário (…) E depois, aquele primeiro álbum depois do Cliff com o Jason Newsted, o “…And justice for all”, nem sequer tem baixo.”

Questionado se se sentiria feliz num ambiente igual a este, Lilker revela incerteza:

“Não sei se seria feliz em termos criativos. Quero dizer, em todas as bandas em que entrei, fiz parte do processo criativo, sendo sempre um dos principais compositores.”
É de salientar que foi nesta altura se deu a fase de transição dos precoces mas pouco duradouros S.O.D. (85-86) para os Nuclear Assault, que vieram a ter um tremendo sucesso em todo o mundo, o que levou o baixista a concentrar-se na banda.
“Tenho a certeza que o meu nome pode ter sido falado entres vários outros (…), mas obviamente nada aconteceu.”, conclui.

Por: João Correia