free website stats program

Ativista republicano sugere Kid Rock para a corrida ao Senado em 2018

Um ativista do Partido Republicano e do Partido do Chá, em Michigan, sugeriu na convenção do partido estadual, no fim de semana, que o músico Kid Rock seria um bom candidato para tentar ganhar um lugar no Senado em 2018, atualmente detido pela democrata Debbie Stabenow.  De acordo com o The Pulse Of Radio, o ativista, Wes Nakagiri, afirmou que o Kid Rock “tem o nome, é uma ideia fora da caixa, e seria uma boa opção para mudar a imagem republicana antiquada”.

Wes Nakagiri referiu a campanha presidencial de Donald Trump como um “modelo” para a possível corrida de Kid Rock, dizendo que “Aposto que ele ia gerar tanto entusiasmo como Trump”. Embora Rock fosse um apoiante de Trump em 2016, trabalhou ativamente, em 2012, para a campanha do então candidato republicano Mitt Romney. Rock referiu ao The Pulse Of Radio que não se arrependia disso: “Foi uma grande experiência. Aprendi muito sobre o “show de cocó” que existe atrás da janela política (risos). Nunca tive a intenção de sair e pregar política às pessoas. Durante esses comícios, sempre disse que deixaria isso para os profissionais. Foi bastante interessante, no geral, e divertido também; muita coisa foi como ensaios pagos”.

O cantor nunca manifestou interesse em concorrer para o cargo e os seus representantes não responderam às histórias sobre a possível candidatura, pelo que será apenas uma ilusão criada por Nakagiri.

Neste momento, Kid Rock está a trabalhar no seu décimo primeiro álbum de estúdio, que será lançado este ano e o sucessor do álbum “First Kiss“, de 2015.