free website stats program

Baterista dos Five Finger Death Punch acha as novas músicas ‘Mais brutais’

Numa entrevista a JoeDaly.net, o baterista dos Five Finger Death Punch, Jeremy Spencer, quando questionado onde via o som da banda seguir, depois do lançamento do álbum duplo do ano passado The Wrong Side Of Heaven and the Righteous Side of Hell. Pergunta à qual Spencer respondeu:

Não tenho a certeza. Nós tentamos fazer sempre as coisas de maneira diferente da vez anterior, mas sem ser drasticamente diferente. Nós somos quem somos e não nos vejo a fazer algo tão diferente que deixe as pessoas a pensar ‘O que é isto?’, eu não vejo isso a acontecer. Nós soamos aquilo que soamos e eu estou excitado para ver onde isso vai dar, honestamente.

Eu adoro fazer novos álbuns, e sentir a energia, vendo como toda a gente cresceu e isso tudo. Nós tentámos sempre puxar por nós próprios e experimentar um bocado aqui e ali. Temos de manter isto fresco para nós.

Nós já começamos a gravar novo material e já temos umas faixas prontas. Depois da pausa natalícia vamos voltar ao estúdio e, esperamos conseguir lançar alguma coisa até ao Verão. Vamos andar em tour durante a Primavera, então se conseguirmos acabar por essa altura, era fantástico mas nós gostávamos de acabar durante o Verão e lançar qualquer coisa até ao fim do Verão.

Em relação às novas músicas, estou a curtir. Estão mais brutais, com mais dinâmica extrema. Há partes mais calmas e depois algumas partes mesmo brutais. Então estamos a percorrer um leque de som.

Os Five Finger Death Punch lançaram The Wrong Side Of Heaven and the Righteous Side of Hell, em duas partes durante o ano passado, tendo a primeira parte saído em Julho de 2013, e a segunda em Novembro do mesmo ano. Depois de uma tour bem sucedida nessa ano, a banda vai juntar-se aos Judas Priest na tour “Redeemer of Souls” que começa em Junho de 2015 na Finlândia, atravessa a Europa e acaba na Polónia.