free website stats program

Bono Vox, dos U2 votado como a pessoa com menos influência de 2014

Bono Vox, mítico frontman dos U2, foi escolhido pela GQ como a pessoa menos influente de 2014.

A sorte do vocalista anda em baixo, depois da banda ter colaborado com a Apple, o próprio Bono disse:

O Tom Friedman do Rock e o resto da banda colaboraram com a Apple para forçar o novo álbum na tua livraria do iTunes, sem o teu consentimento. Nem o podias apagar! A Apple teve de enviar instruções especificas de como podias apagar o Songs of Innocence do teu computador. A pior parte foi como a Apple e os U2 trataram disso, como se fosse uma prenda nobre para o povo. De facto, isto foi uma campanha de marketing de 100 milhões de dólares. Sim, 100 milhões para tornar os U2, de uma banda de pais do rock com consciência social num bocado de direct mail.

O vocalista dos U2, numa maré de má sorte, teve de cancelar uma residência de uma semana no programa de Jimmy Fallon depois de ter sofrido um acidente de bicicleta no Central Park. No inicio deste ano, Bono também teve um incidente depois da porta do seu jacto ter saído em voo.

O outro músico que entra nesta lista é o Robin Thicke, que lançou um LP, Get Her Back, que foi um falhanço, descrito pela revista como, “castigo por ter feito ‘Blurred Lines‘ popular”.