free website stats program

D-A-D + PhaZer [Paradise Garage, Lisboa]

Com o concerto esgotado, a noite fria que se fazia sentir, começou a aquecer gradualmente com os lisboetas PhaZer. 10 Anos de carreira já é “obra”, mas fizeram questão de salientar que a noite pertencia aos D-A-D pelos 30 anos de carreira que celebram. Durante cerca de 50 minutos deram um concerto enérgico revisitando temas dos três trabalhos. Deram inicio à atuação com  “Wake me” do 2º álbum (Kismet), durante a atuação o vocalista pedia o apoio do público e o público correspondia da melhor maneira. Finalizaram com o tema “Wonder Girl” do EP de estreia (Revelations).

Setlist:

1.Wake Me / 2.War of Shouts / 3.# / 4.I’ve been shot / 5.Dear Foe / 6.Spermatogenesis / 7.Revelations / 8.Serious Killer / 9.Wonder Girl


Os dinamarqueses D-A-D dispensam qualquer tipo de apresentação, após três décadas de existência têm uma carreira estável e fazem com que a passagem dos anos não os afete (devem ter tomado qualquer tipo de elixir da juventude). O vocalista abana a cabeça como se não houvesse amanhã, o baixista salta dos amplificadores, sobe até ao bombo da bateria, mexem-se como se realmente a idade não os afetasse. Trouxeram com eles a tour de comemoração dos 30 anos de carreira que conta, precisamente, com um total de 30 concertos.

Não foi por tocarem num espaço mais reduzido que deixaram de dar um grandioso concerto como já nos habituaram ao longo dos anos. Tem sido frequente a passagem da banda por Portugal iniciada no ano de 1996, Portugal conta com seis passagens da banda por terras lusas. Para os mais esquecidos, o último concerto em Portugal teve lugar no estádio do Restelo em 2011.

Pelas 22:30, subiram então ao palco. “Portugal we love you” remata o vocalista antes de darem início ao espetáculo. “Jihad” foi o tema escolhido para o início e deu-se uma sucessão de “hinos” do universo hard rock, “Point Of View“, “Grow Or Pay”, “Bad Craziness” foram alguns entre muitos outros. O vocalista estava deliciado com o público (um público bastante amadurecido), parecia como que um maestro, sempre a puxar pelo público sendo que este correspondia da melhor forma.

O melhor estava ainda para vir quando o vocalista pergunta ao público que dia era, ao qual este responde sábado. De seguida adianta que amanhã é domingo e como tal é dia de ficar em casa porque não há escola nem trabalho, era então tempo de ouvir “Sleeping My Day Away”, o tema escolhido para o primeiro encore, o mais aclamado da noite com direito a versão alongada, não para menos, uma vez que é o tema mais memorável da banda e representativo da mesma. Para o segundo encore estava destinado “I Won’t Cut My Hair” e para finalizar “It’s After Dark”, como não poderia deixar de ser em jeito de despedida.

Deixam então as terras lusas para voltarem ao ativo em Maio do próximo ano, dando seguimento a esta mesma tour.

Setlist:

  1. Jihad / 2. Evil Twin / 3. Overmuch / 4. Point of View / 5. Girl Nation / 6. A New Age Moving In / 7. The Last Time in Neverland / 8. Riding With Sue / 9. Grow or Pay / 10. Reconstrucdead / 11. Monster Philosophy / 12. I Want What She’s Got / 13.Bad Craziness / Encore: 14. Everything Glows / 15. Sleeping My Day Away / Encore 2: 16. I Won’t Cut My Hair / 17. It’s After Dark

 


 Texto: Bruno Cardoso / Fotos: Vítor Oliveira

Agradecimentos: Prime Artists