free website stats program

Death From Above 1979 sem planos para o futuro

O duo canadiano Death From Above 1979 levanta o véu sobre o futuro…incerto. Em entrevista ao NME, o baterista Sebastien Grainger dá algumas pistas sobre a falta de planos para os próximos tempos da banda, e fala ainda da sua experiência de tocar ao vivo.

“Não é fácil tocar nesta banda. Não interessa há quanto tempo fazemos isto, ou o quanto ensaiamos, é muito duro fisicamente. O espectáculo é muito físico. Tinha esquecido um pouco essa vertente (…) É preciso muita energia”, refere Grainger.

Sobre o futuro, para já, os planos não estão definidos: “Para ser honesto, não sei qual será o nosso próximo passo. Apenas queremos manter a banda com energia positiva. Veremos o que acontece.”

Os Death From Above 1979 lançaram recentemente o seu segundo álbum de originais, The Physical World. A review da Rock N´Heavy pode ser consultada aqui.