free website stats program

Ex-membros dos Megadeth formam banda

Muitos dos fãs de Megadeth ficaram em estado de choque no mês passado quando o baterista Shawn Drover e o guitarrista Chris Broderick, quase que em simultâneo, abandonaram a banda. Na primeira entrevista desde a saída da banda, Broderick falou com Jose Mangin sobre a decisão de sair e ficou a saber que Drover tinha formado uma nova banda.

Quando questionado sobre os planos para o futuro, Broderick revelou:

 

“Bem, uma das coisas que eu sempre quis fazer era um disco a solo, vou trabalhar nisso em 2015. Mas tenho andado a falar com o Shawn Drover, falámos sobre o material que nunca seria lançado, todos estes riffs pesados que nós escrevemos e decidimos então, “Hey, porque é que não lançamos isto? Porque é que não formamos uma banda e revelamos estes riffs, só para ver a reação das pessoas?” Formamos então uma banda, estamos a trabalhar com um vocalista espetacular – ele é fenomenal – e temos editoras que nos fizeram boas ofertas, estamos empolgados por ver até onde isso poderá ir.” Detalhes sobre o nome da banda e quem é esse vocalista virão depois segundo Broderick.

O guitarrista também se referiu à sua saída dos Megadeth. Explicou (transcrito pela Blabbermouth): “Não vai ser empolgante como as pessoas quereriam. Não vai ser um grande drama ou algo semelhante a isso. Foi apenas tempo. Estive nos Megadeth durante sete anos e queria ter liberdade de criatividade para escrever qualquer coisa que quisesse, e ir até onde eu quisesse.

Acrescentou, “A maneira como eu penso nisso não é como um chefe que trabalha num restaurante querer abrir o seu próprio restaurante ou talvez um advogado que queira criar a sua própria empresa ou algo do género. Foi o momento certo para seguir em frente. Acho que, falar com o Shawn fez-me ver que ele estava no mesmo patamar. Nós tínhamos falado sobre isso e tínhamos refletido sobre isso por momentos. Quando o Shawn saiu, foi do género, “Whoah! O que aconteceu?” Quer dizer, eu sabia que tínhamos falado sobre isso, mas ele fê-lo; ele abandonou a banda.”

Broderick afirma que assim que Drover tornou pública a sua decisão, ele sabia que era o mais correto seguir em frente. “Os Megadeth vão começar a trabalhar no novo CD e se tu estás a trabalhar em algo distinto, não vais querer fazer parte do processo de escrita do novo álbum remata o guitarrista. Broderick acrescenta que David Ellefson e os seus patrocinadores foram dos primeiros a saber da decisão que este tinha tomado. Broderick também disse que havia um sentimento de pena por parte de Dave Mustaine após este saber do sucedido.

Ao mesmo tempo, mesmo sem Drover e Broderick, Os Megadeth continuam e David Ellefson revelou que o ano de 2015 será dedicado à gravação do próximo álbum. No entanto ainda não se sabe quem ocupará o lugar destes dois músicos.