free website stats program

Five Finger Death Punch – Terminam a digressão Europeia sem o vocalista – Ivan Moody

Os Five Finger Death Punch anunciaram hoje que irão terminar a digressão Europeia com o vocalista dos Bad Wolves, Tommy Vext, em virtude do vocalista dos Five Finger Death Punch, Ivan Moody, ter voltado a ter problemas relacionados com o abuso de drogas.

Moody disse: “É com embaraço e vergonha que admito que voltei a não resistir. Estava num terreno instável antes da atuação em Tilburgo, e embora muito do que aconteceu nesse concerto tivesse fora do meu alcance, a vergonha de não poder dar-vos o melhor de mim levou-me ao limite. Não seria justo para os meus colegas, nem para a minha legião de fãs continuar a atuar no estado em que me encontro. Uma das piores coisas do vicio é a solidão que se sente. Poder ter a minha banda a apoiar-me é aquilo que me move. Comprometo-me a melhorar para poder voltar o mais rapidamente possível”.

Zoltan Bathory, o guitarrista dos Five Finger Death Punch disse: “Como banda que somos, estamos determinados a apoiar a recuperação do Ivan. Como qualquer outra pessoa, estamos tristes por ver o nosso irmão a sofrer de novo. Quase toda a gente conhece alguém viciado e sabe o quão difícil é ver uma pessoa a auto-destruir-se. Os Five Finger Death Punch mantêm, no entanto, a intenção de tocar nas datas que nos comprometemos a tocar. A banda está acima de qualquer membro”.

Tommy Vext, o vocalista da banda Bad Wolves disse: “É uma honra poder partilhar o palco com os Five Finger Death Punch nas datas que lhes restam. Estou feliz por já terem passado oito anos desde que estou sóbrio, por isso sei o que o Ivan está a passar. Não só me sinto responsável para dar o meu melhor aos fãs dos Five Finger Death Punch, mas também quero mostrar ao Ivan que ele pode voltar assim que estiver saudável”.

Vext tem viajado com os Five Finger Death Punch na atual digressão Europeia e chegou mesmo a cantar a primeira música da banda no concerto de segunda-feira, dia 12 de junho em Tilburgo, na Holanda porque Moody chegou ao palco atrasado.

Esta não é a primeira vez que Ivan se vê forçado a afastar-se dos Five Finger Death Punch devido a vários problemas. Durante o inverno do ano de 2016, na digressão da banda pelos E.U.A com os Shinedown, Moody não participou em oito concertos após este ter “adoecido” e consequentemente ter-se afastado da estrada para receber tratamento. Na altura foi substituído pelo vocalista dos All That Remains, Phil Labonte.

Ainda antes disso, Moody chegou mesmo a colapsar em palco, em maio de 2015 durante um concerto em Memphis, nos E.U.A. O incidente foi mais tarde ligado ao abuso de álcool e drogas e Moody entrou em processo de desintoxicação.

Como anteriormente anunciado, os Five Finger Death Punch e os Inflames vão unir forças numa digressão Europeia em novembro e dezembro.

You may also like...