free website stats program

Iron Maiden forçados a fazer cortes em atuação histórica na China

Os Iron Maiden estrearam-se na China no passado dia 24 de abril, numa data inserida na tour de promoção ao disco “The Book Of Souls“. A banda britânica foi forçada a fazer várias cortes na atuação. Exigido pelo ministério da Cultura, a banda aceitou todas as condições para puderem atuar no país.

Com o público disposto em cadeiras, o alinhamento do concerto foi das poucas coisas que se manteve, deixamos em baixo algumas das alterações feitas:

– Não houve pirotecnia durante o concerto.

– Durante a música “The Trooper”, Bruce Dickinson não entrou em palco com a característica bandeira do Reino Unido, mas usou na mesma o uniforme usado pelas tropas e que deu origem à música. A bandeira fez na mesma a sua aparição, mas na tela por detrás do palco.

– O Bruce alterou a letra na música “Powerslave“, de “Tell me why I had to be a Powerslave” para “Tell me why I had to be a Wicker Man.”.

– A banda não teve autorização para mandarem coisas (wristbands, cabeças de bombos, etc) para o público.

– O Bruce não disse asneiras.

Marco António Pires

Sou amante da música em geral com gostos mais virados para o metal, mas estou sempre disposto a ouvir coisas novas!