free website stats program

Iron Maiden – Não vão tirar o “pé”do acelerador tão cedo

Os Iron Maiden não tencionam parar tão cedo e sabe-se também que a digressão “The Book Of Souls” não será a última da banda, segundo o guitarrista Dave Murray.

Os Maiden já correram o mundo para promover o seu 16.º álbum de originais que foi lançado em setembro de 2015 e encontram-se neste momento nos E.U.A.

Murray afirmou não ter qualquer intenção em reformar-se no final da corrente digressão e revela que em 2018 iremos ter algumas surpresas por parte da banda.

Nas palavras do guitarrista pode ler-se: “Não vamos parar depois de acabar esta digressão – esta não será de todo a nossa última. Vamos acabar  esta e posso dizer que estamos a divertimo-nos imenso, e depois vamos tirar algum tempo para descansar, e no próximo ano haverá algumas surpresas.

“Quando se faz algo que se adora, é uma sensação fantástica, mesmo após deste tempo todo, só de ver a reação dos miúdos nos concertos, levanta-nos logo o astral. Fazem sing-along quando tocamos os novos temas, bem como nos antigos”.

Enquanto os Maiden não mostram quaisquer sinais de cansaço, Murray diz que se tivesse que terminar a carreira amanhã, não teria razões de queixa, ao dizer: “Penso que posso dizer muito honestamente que tenho sido um felizardo. Fiz de tudo um pouco e apreciei todos os locais que visitámos. Somos sortudos quanto a isso. Vimos o mundo várias vezes enquanto estávamos em tournée, só isso é uma experiência inigualável e também o facto de tocarmos música e sermos capazes de expressar-nos tanto melodicamente, como numa forma mais agressiva e divertirmo-nos com isso”.

“Quanto ao futuro, há sempre coisas para se fazer por isso é continuar a inventar novas coisas sempre que possível para criar novas coisas todos os dias”.

 

 

 

You may also like...