free website stats program

Manager dos GWAR desmente morte de Oderus

No dia em que começa a Eternal Tour dos GWAR, o seu manager, Sleazy P. Martini fez um testemunho chocante:

“Boas, seus parasitas. Sou eu, Sleazy P. Martini. Como já devem saber, os GWAR vão estar fora em tour a começar hoje porque os travestis tailandeses não se pagam sozinhos. Os mais espertos de vós podem ter reparado que os GWAR tiveram uma mudança no alinhamento.

A razão para isto é a ausência de Oderus Urungus devido ao seu regresso ao espaço. Primeiro, vou deixar algo claro: Oderus não morreu! Nem os GWAR. Agora, as coisas serão diferentes. Por exemplo, na ausência do Oderus, as despesas de touring vão baixar consideravelmente, dado que o uso de crack pela banda vai decrescer nove toneladas por dia, ao que eu, a CIA e o Cartel Medellin respondemos com alívio. Agora todas essas “mulas” a atravessar a fronteira podem usar o espaço extra no rabo para coisas mais importantes, como comida, água e mais parentes.

Claro que há muitos na indústria (código para “sem talento”) que dizem que sem o Oderus, os GWAR deviam acabar, ao que eu respondo: se eu quisesse a vossa opinião, deixar-vos-ia inconscientes e urinava-vos na cara. O que não iria levar a grande opinião, tal como eu gosto. Porque vejam, os GWAR são uma força perpétua e imparável. Se eu os tentasse reformar, acabaria morto, desfeito e servido ao Gor-Gor com acompanhamento. Um domador de leões não pode parar e pedir aos leões que sejam gatos domésticos. E o desejo dos GWAR por carnificina humana não pode ser satisfeito por uma semi-reforma no circuito dos talk-shows. Por isso o espectáculo continua; e já continuou, começando pelo Riot Fest de Chicago.

Alguns poderão dizer, “Como irás encontrar alguém tão talentoso para cantar como o Oderus Urungus?”, ao que eu respondi trazendo o famoso arqueólogo Dr. Richard Leaky até à Antárctida para descobrir outro Scumdog imortal. Segundo o Dr. Dick, estas bolas de pêlo estão armazenadas numa cave-fortaleza dos GWAR como empadas de galinha, 4 por um dólar. Na verdade, já descongelei um talento promissor chamado Blóthar. Embora não tão talentoso como a maioria dos primatas, é melhor que o Justin Bieber ou qualquer dos One Direction.

Por isso, em responda aos haters que davam o tomate esquerdo para que os GWAR parassem, podem manter o testículo e pendurá-lo do vosso piercing do nariz por mais 30 anos, porque os GWAR NÃO VÃO A LADO NENHUM! E embora pensem que os GWAR não presta, lembrem-se que GWAR é imortal. Por isso, muito depois do vosso rabo hipster sem estilo estar a ser usado como condomínio de luxo por vermes, os GWAR estarão ainda vivos, a não prestarem para sempre.”