free website stats program

Megadeth: Cinco facetas curiosas da vida de Dave Mustaine

Recentemente, os Megadeth divulgaram, no site oficial, duas novas entrevistas com Dave Mustaine, uma para o blog do512 e a outra para o The Morning Show.

Hoje recordamos aqui algumas curiosidades que o músico por vezes partilha durante as suas entrevistas:

1 – O vocalista dos Megadeth começou a tocar guitarra para abafar o barulho horrível que a irmã fazia enquanto tocava piano. “Eu era um miúdo curioso e aquilo fazia barulho. Eu tinha uma irmã que tocava piano, algo que era pavoroso. Então percebi que ao melhorar a minha forma de tocar guitarra conseguia abafar aquele ruído horrível.”

2. Uma lesão no braço quase pôs fim à sua carreira de guitarrista e uma cirurgia ao pescoço acabou mesmo com a prática de “skydive” e de “bungee jumping” e tornou muito mais dolorosas algumas das outras actividade preferidas como o surf e o skateboarding.

3 – O inquilino favorito da garagem de Mustaine é um Aston Martin Vanquish S, de 2004, sendo que este veículo representa uma significativa evolução em relação ao primeiro carro do músico, um Renault de 1960 que custou $80.

4 – Dave Mustaine é um acérrimo praticante de artes marciais e afirmou já várias vezes que o taekwondo mudou a sua vida e, na verdade, tem três cinturões negros de taekwondo e karate, tendo sido nomeado embaixador do mundo pela Federação Mundial de Taekwondo.

5- Mustaine estudou para ser um corretor de acções na bolsa. No entanto, ainda a respeito da escolha profissional, houve uma ocasião em que até pensou que seria melhor ser curandeiro profissional do que músico. Tudo aconteceu a propósito de duas lições de canto que teve no passado. Na primeira, uma senhora de 70 anos colocou-se por trás dele e meteu a mão dela dentro das suas calças. Na segunda, um homem pediu-lhe que desabotoasse as calças para lhe examinar o diafragma. Mustaine respondeu: “Olha lá uma coisa, o meu diafragma é aqui em cima. Os diafragmas nas calças pertencem às mulheres!! Por isso não sei o que as minhas partes íntimas têm a ver com lições de canto, mas imagino que esteja relacionado com a respiração. Foi algo muito bizarro para mim, e eu pensei, se isto faz parte do trabalho de um vocalista, prefiro ser um “curandeiro profissional.”