free website stats program

Menina de 10 anos confessa em diário que é a maior Punk que já conheceu

Taylor-Ruth tem hoje 20 anos e recentemente descobriu uma página do seu diário, escrita por altura dos 10 anos, sobre sua relação com o punk rock. Taylor resolveu fazer um scan da carta e publicar online. O texto é de tal forma engraçado que rapidamente despertou interesse dos cibernautas e tornou-se viral na rede.

A entrada do diário narra o processo de descoberta de novas bandas punk por alguém que acabou a escola primária:

«Hoje estive a ver vários CDs de música na biblioteca! Alguns deles tinham palavrões no título por isso tive que jurar à senhora Jervis que tenho 15 anos. Não tenho, mas acho que mentir não conta na biblioteca.

Entretanto já os ouvi todos. Eu percebi que em MUITOS CDs os vocalistas não gostam “do homem.” Eles até o insultam! Não sei quem é “o homem.” Talvez seja o Bush ou o diretor da escola do vocalista. Mas se os Dead Kennedys não gostam ‘do homem’, então eu também não gosto. Eu também não gosto de fascistas. Acho que eles são tipo um culto religioso do qual “o homem” faz parte.

Até agora acho que sou mais punk do que qualquer outra pessoa que já conheci na vida.»diario-menina-punkFonte: TDMQA