free website stats program

Música dos AC/DC ajuda a curar o cancro

O clássico dos AC/DC – “Thunderstruck” – tem sido utilizado, por cientistas, para potenciar os efeitos de um medicamento anti-cancerígeno de última geração.

O tema de inicial de The Razor’s Edge, de 1990, está a ser usado para obrigar as partículas da molécula contida no fármaco a “saltar” para que possam ser envolvidas numa camada de plasma. Esta técnica vai permitir que a molécula permaneça mais tempo no organismo, prolongando o seu efeito.

O professor Nico Voelcker, da University of South Australia, explica o processo à In-Pharma, afirmando que normalmente só é possível revestir o lado da partícula que está exposto. A ideia revolucionária terá sido usar uma coluna de som dirigida ao sistema para fazer com que as ondas sonoras ativem as partículas, fazendo-as saltar de forma a revesti-las por inteiro.

No relatório da equipa científica é descrito o modo como “Thunderstruck” foi escolhida para o efeito e como foi possível obter um máximo efeito caótico na molécula do fármaco.

De notar que os cientistas afirmam mesmo que esta técnica pode ser aplicada noutros fármacos com resultados vantajosos.