free website stats program

Nova pista no caso do homicídio de fã dos Metallica

Há cinco anos, Morgan Harrington desapareceu e foi assassinada depois de assistir a um concerto dos Metallica na John Paul Jones Arena da University of Virginia. A investigação forense na altura ligou este caso com o mesmo agressor de uma violação ocorrida em 2005, mas não havia provas que permitissem uma detenção. Mas tudo pode ter mudado no dia de ontem (29 set), quando o suspeito do rapto recente de Hannah Graham foi identificado pelas provas forenses com o homicida de Harrington.

A porta-voz da Virginia State Police, Corinne Geller, salientou a importância dos factos, mas aconselhou cautela, visto que há ainda muito trabalho de investigação pela frente. O suspeito, Jesse L. Matthew Jr. é um trabalhador local, sendo que as autoridades continuam as buscas por Graham e solicitam informação a todos aqueles que possam ter contactado com o suspeito.

Os Metallica empenharam-se na tentativa de levar o assassino Harrington perante a justiça, oferecendo uma recompensa de $150,000 por informações que levassem a uma condenação e doando $50,000 para a criação de uma bolsa em nome da jovem.