free website stats program

O resurgimento do Grunge é uma anedota para Billy Corgan

Billy Corgan falou acerca do ressurgimento do grunge numa entrevista à Drowned in Sound:

“Isso é o que estou a dizer sobre Monuments … porque existiria eu numa determinada época, se ninguém mais lá está? Porque tenho que viver segundo a mesma regra por mais de 25 anos, quando ninguém mais a segue. A minha capacidade de transformar os Pumpkins em algo mais universal e livre de amarras é simples. Tudo o que eu tinha que fazer era livrar-me da minha própria forma de ver as coisas e desistir de pensar que fazer um Siamese Dream II resolveria tudo. Eu dizia a toda a gente que não iria fazê-lo, mas ninguém queria acreditar em mim. Mas agora já começam a acreditar.”

“Durante sete anos têm andado todos de um lado para o outro como zombies a dizer que está para acontecer uma espécie de resurgimento do grunge e que bastaria que todos afinássemos as nossas guitarras para ao mesmo lado. É uma anedota e é uma vergonha a geração grunge simplesmente seguir por esse caminho, mas é verdade que eles andam por aí. Fico contente por ter deixado cair a bandeira cedo e ter dito “tirem-me desta ilha”.