free website stats program

Percussionista dos Slipknot chama bullying ao moshe

Durante uma entrevista, Chris Fehn, percussionista dos Slipknot, foi questionado sobre se a banda se sente de forma diferente relativamente a interacção com o público e a mosh pits após o incidente que culminou com a prisão de Randy Blythe, dos Lamb of God em 2012.

“Isso foi uma situação triste, sou amigo do Randy e foi um incidente infeliz que aconteceu. Sei que ele não é o tipo de pessoa que alguma vez magoaria alguém; acho que, especialmente na América, o mosh se turnou num forma de bullying, com um tipo grande no meio que simplesmente atropela os miúdos pequenos perto dele. Já não se faz mosh como deve ser e isso é uma treta, porque o mosh não se trata disso. Esses tipos têm de ser expulsos.”

O músic terminou, dizendo que “um mosh bem feito é uma óptima forma de estar num grupo e de dançar e estares só na tua.”