free website stats program

RAMPAGE FEST TOUR DIARY #8

Os RAMP têm tido um “acompanhante” chato nesta viagem.
Sempre na “borga” e não os deixa em paz.
Eles não dão tréguas e não se deixam ficar perturbados por essa coisa inoportuna chamada gripe.

Hoje foi duro para mim, depois de dormir apenas três horas e com a gripe a piorar cada vez mais (garganta completamente inflamada) tive de encarar que nada havia a fazer e que mesmo com limitações tinha de dar 200 por cento.
Os nossos amigos vieram de várias zonas do Algarve e o ambiente no Bafo de Baco tornou-se especial.
Os Legacy of Cynthia abriram as hostilidades, seguidos pelos Blame Zeus (mesmo desfalcados de um guitarrista) que espalharam o seu “perfume”… por fim os Skinning metralharam todos com o seu blast beat feroz.
O público está de parabéns e conseguiu ser a voz dos RAMP.
Uma palavra especial para quem passou todo o espectáculo a chamar por nós e que conseguiu emocionar pelas palavras e pelas lágrimas genuínas que soltou ao som de “Alone”.
Obrigado a todos… Obrigado Major… Agora é tempo de rumar a Elvas e acreditar que a inflamação possa dar uma pequena trégua.
Até já…
20141206_202202_1