free website stats program

Robert Trujillo revela a origem do nome do novo álbum dos Metallica

Numa entrevista recente, Robert Trujillo revelou como os Metallica chegaram ao nome do álbum, “Hardwired… To Self-Destruct”, explicando também que para o baixista o mais importante é o resultado final no processo de composição.  Quando questionado sobre a humanidade estar num caminho de auto-destruição, Robert respondeu, mergulhando na história por detrás da escolha do nome do álbum: “O James chegou-nos com o título do ábum. Ele estava a conversar com um amigo sobre como os homens cometem erros e as esposas criticam esses erros. Pode ser um simples perder as chaves ou outra coisa qualquer, apenas cometer um erro estúpido. A ideia era “Talvez como Homens, talvez estejamos “ligados” para auto-destruir”. E isso tornou-se o “estar ligado”, “estar conectado” para qualquer coisa, qualquer palavra que queiram pôr à frente. Fez bastante sentido e ficou na nossa mente. Normalmente, para escolher o título de um álbum, nós sentamo-nos e temos ideias juntos, mas desta vez foi imediato e transformou-se logo no nome do álbum”. Sobre o seu contributo para o álbum, Trujillo disse que contribuiu bastante, embora tal não se reflita tanto nos créditos de escrita. Acrescentou também: “Créditos de composição… não é uma questão tão relevante. Penso que o mais importante é a forma como as músicas se desenvolvem e o meu papel em apoiar o Lars e o James com a música, tenha a ideia veio do Kirk, do James ou de mim, não importa. O que importa é se a música soa realmente bem quando está acabada.”