free website stats program

Slipknot comentam saída de Joey

O vocalista dos Slipknot, Corey Taylor referiu que despedir Joey Jordison, baterista da banda durante 18 anos, foi uma das decisões mais difíceis que a formação teve que tomar. No entanto, afirma que os membros da banda estão “contentes” por seguirem em frente.

Os Slipknot anunciaram a separação de Jordison em Dezembro de 2013 no entanto nunca foram revelados os motivos da sua saída. O baterista posteriormente, emitiu um comunicado no qual explicava que não tinha saído da banda.

Taylor revelou à Metal Hammer, “Não posso falar muito sobre isso, porque estamos a “assentar”, mas é aquele momento, quando uma relação chega à “secção T” e uma pessoa não segue o mesmo caminho da outra. Tentamos fazer com que as coisas vão para a direção que tu queres. Isto sou eu a falar, com respeito ao Joey. Para concluir, foi uma das decisões mais difíceis que tomámos”.

Acrescentou: “Estamos todos contentes e esperamos sinceramente que ele também esteja. Conheço-o desde “91, antes de estarmos em bandas juntos, ele é extremamente talentoso; está apenas num momento da sua vida, agora, não é o mesmo momento em que nós estamos… Para ser simpático.”

Questionado sobre os rumores de que a saída do Joey se devesse ao consumo de drogas, Corey respondeu: Só há uma explicação que posso dar. Para mim, isso tem que ser um sinal de crescimento, porque antes, teria passado por cima do mal, como é que se explica aos fãs? Essa é a parte mais difícil, porque qualquer que seja a explicação que se dá, nunca vai fazê-los verdadeiramente felizes. Tenho a certeza de que os fãs têm as suas próprias teorias.”

De acordo com Corey, a relação com Joey foi cortada.” Não tenho falado com o Joey durante algum tempo, para ser sincero,” Revelou à revista. “É por isso que somos diferentes. Não é porque não gosto dele e não tenho saudades dele. É duro; falamos sobre a toda a hora, mas ao mesmo tempo, temos saudades dele ou temos saudades do antigo ele? É isso que vem à tona também. É uma pena.”