free website stats program

Suicide Silence [Agosto 2012]

No que toca ao Metal, os Suicide Silence são daquelas bandas que já dispensam apresentações. Oriundos da Califórnia, fazem-se ouvir por todo o mundo. Depois de terem agitado Vigo no Resurrection Fest, com “The Black Crown” na bagagem, e antes de chegarem ao fim da tour, Mitch Lucker, Chris Garza, Mark Heylmun, Alex Lopez e Dan Kenny deram umas palavras à Rock N’ Heavy.

A música “Unanswered” do álbum The Cleansing foi uma música muito criticada. Como se sentiram ao compo-la?
Não estava ciente de muitas críticas. Nós abrimos muitas vezes com essa música durante a tour, e o público adorava canta-la connosco.

Quão bom é tocar em festivais como o Ressurection? Qual é o festival em que gostavam mesmo de tocar?
Foi muito bom, tirando o facto de ter escorregado no palco, deslocado o joelho e ter passado montes de horas num Hospital Espanhol.

Expliquem nos a diferença entre a vossa politica de vida que nos diz para vivermos tudo ao máximo mas no entanto terem presentes nas vossas músicas letras mais escuras e relacionadas com a morte.
Acho que percebi a pergunta… Eu vivo tudo de uma forma intensa na minha vida, e ver sempre o lado positivo, mas há sempre um lado mais escuro nas coisas. Em Suicide Silence nós falamos de diversos temas. A minha vida pessoal é mais vivida de uma forma intima e as pessoas deviam limitar-se a deixa-la existir e concentrarem-se na nossa música.

Qual é o vosso top 5 de álbuns?
Sem nenhuma ordem especifica: The Great Souther Trendkill – Pantera Tommy – The Who Demigod – Behemoth Highway to hell – AC DC And Justice For All – Metallica

Recordando os trabalhos anteriores da banda, o que fariam que não foi possível?
Não existem arrependimentos.

O que pensam quando ouvem falar de Portugal?
O campo de futebol enorme onde tivemos que estacionar na vez que tocámos ai. Aliás, eu tenho uma fotografia minha em frente a ele.

Se tivessem que mudar o nome da banda, que nome escolheriam?
Christ Wizard

Em que outros sítios os membros da banda trabalharam? Têm projetos paralelos à música?
Todos temos montes de trabalhos. Uma sapataria, um chefe, um entrega pizzas, empregado de hotel, e a lista continua. Mitch está numa banda chamada Commisioner assim como eu (Mark), costumo fazer jams de vez em quando, com um grupo.

Portugal está nos vossos planos para o future?
O mundo está nos nossos planos para o futuro. Por isso sim, nós vamos dar o nosso melhor para ai chegar.

Só uma palavra para descrever Suicide Silence!
Brutal