free website stats program

System Of A Down – Já têm 15 temas que vão de encontro ao que fizeram no passado

“Por minha vontade, teríamos lançado cinco álbuns nos últimos 12 anos”.

O baterista, John Dolmayan, falou sobre o interregno em que a banda se encontra, no que toca ao lançamento de novos álbuns dos SOAD.

“Não sei porque é que não temos um novo álbum. É muito desconcertante. Aparentemente damo-nos todos bem. Passamos um bom bocado juntos. Acredito que ainda vamos lançar música com qualidade. Penso que podemos lançar um álbum fantástico”.

O baterista falou também do facto de a banda ter reduzido o número de digressões:

“Sei que muitos dos nossos fãs americanos nos perguntam, “Porque é que vocês não vêm tantas vezes aos E.U.A , como vinham antigamente?”. Debatemos isso acerca de dois meses atrás. E refletimos sobre o facto de não termos feito mais nenhum álbum – nessa altura tinha passado uma década desde que fizemos o último álbum – apenas uma década, porque realmente temos tantas mais pela frente (ri-se) e falámos e acordámos em dar prioridade ao novo álbum”.

“Tínhamos intenção de entrar em estúdio e trabalhar no álbum. Tínhamos todos uma ideia de quando isso iria acontecer, mas para mim isso já teria acontecido há 10 anos atrás. Por minha vontade, teríamos lançado cinco álbuns nos últimos 12 anos. E penso que só estamos a prejudicar-nos a nós próprios porque o tempo que temos de vida não é eterno. Podemos tomar como exemplo mais recente a morte inesperada de Chris Cornell… Isso faz-te pensar quanto tempo perdeste e o quão precioso o tempo realmente é”.

Dolmayan garantiu ainda que se sente optimista relativamente ao novo material:

“Para ser sincero, se não me sentisse assim, não iria querer lançar um álbum, porque desempenhamos bem o nosso papel nas digressões. E, muito francamente, há muitas bandas que preferia que não tivessem lançado álbuns porque de facto não os têm lançado com qualidade. Estivemos em estúdio no ano passado e temos 15 temas até ao momento, que penso que vão de encontro aquilo que fizemos no passado… não faria estas afirmações sem ter matéria de sustento. Estamos melhores do que nunca, mais coesos do que nunca, sabemos o que estamos a fazer e as músicas estão lá. É uma questão de nos reunir-mos e pôr de lado quaisquer diferenças ou problemas que possamos ter – que parecem não surgir quando nos reunimos, é como se houvesse dois System Of A Down para mim”.

Questionado se haveria algum membro que se estivesse a opor à realização do novo álbum, John respondeu:

“Ninguém em particular. E o que é engraçado é que no estúdio, todos se dão bem. Na estrada, divertimo-nos imenso. Na nossa banda, não é disso que se trata, é mais se alguém vai abandonar o barco ou se alguém vai ficar numa situação menos favorável na banda. É apenas uma questão de nos juntarmos e questionarmo-nos realmente se queremos lançar alguma coisa. Passaram-se cerca de 12 anos desde que lançamos o último álbum…”.

 

 

 

You may also like...