free website stats program

TRC ZigurFest celebra a música portuguesa em Lamego

Em nome da música portuguesa, Lamego recebe este fim de semana a quinta edição do festival TRC ZigurFest, que traz à cidade do distrito de Viseu um leque variado de diversos artistas portugueses.

Durante os dois dias (28 e 29 de agosto), irão passar pelos palcos do Teatro Ribeiro Conceição e da rua da Olaria nomes como JP Simões, HHY & The Macumbas, Tar Feather, Sabre, azul-revolto e Mandíbulas, num festival com direção artística da editora ZigurArtists, criada por jovens de Lamego.

António Silva, responsável pelo festival, referiu à Agência Lusa que o evento procura abraçar diferentes géneros musicais, dando especial enfoque para “aquilo que se faz hoje na música portuguesa”, principalmente “coisas novas que não são tão conhecidas do grande público.” É com uma “seleção eclética”, desde rock, hip-hop, eletrónica ou pop, que o cartaz procura evidenciar “a fase muito boa que a música portuguesa tem atravessado”.

O TRC ZigurFest, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lamego e do Teatro Ribeiro Conceição, espera receber “cerca de 1000 a 1500 pessoas por dia, sendo que a maior parte do público vem de concelhos vizinhos ou próximos desta cidade”. O próximo passo será continuar a trabalhar no sentido da evolução do festival, para que “nos próximos cinco anos, venham pessoas de Bragança a Portimão”.

Para além de JP Simões, no primeiro dia atuam daily misconceptions, MEDEIROS/LUCAS, Corona na Casa, Plus Ultra, Tar Feather, Cajado, The Sunflowers e Batsaykhantüül. No segundo dia, há concertos de HHY & The Macumbas, Evols, MAHOGANY, Sabre, Cave Story, azul-revolto, Mandíbulas, Tresor&Bosxh e Big Red Panda.

Como é habitual, os concertos dividem-se por três palcos: Grande Auditório, Palco Olaria e Palco Castelinho (ambos na rua da Olaria). Os bilhetes custam entre 3 euros (diário) e 5 euros (passe geral), e dão acesso aos concertos do Teatro Ribeiro Conceição. Os concertos na rua da Olaria são gratuitos.